Cultura de Inovação | 8 Pilares - Tendências - Charles Schweitzer

Artigos

05 Novembro, 2019

Atendendo ao chamado da Inova Business School, passarei a escrever mensalmente um artigo e, começarei com a série "Os 8 Pilares da Inovação", 8 artigos, portanto. Neste quinto artigo, escreverei sobre "Tendências", o quinto pilar:


1 Convicção para Inovar;

2 Liderança engajada com Inovação;

3 Equipe engajada com Inovação;

4 O Comitê de Inovação;

5 Tendências;

6 Processos que habilitam a Inovação;

7 Recursos que habilitam a Inovação;

8 Ambientes que habilitam a Inovação.


MODELOS MENTAIS


Naturalmente quando se pensa sobre o tema "tendências", olha-se para tudo o que está posto à mesa, em nosso cotidiano, com alto grau de utilização e, projeta-se imediatamente a progressão ou a evolução daquilo. Mas, isso é uma enorme armadilha.

Quando se estrutura tendência como um pilar de inovação, é preciso se entender claramente a diferença entre os conceitos de Tendência, Moda e Modismo, bem como, criar o mapa de tendências que faça sentido para o seu negócio e aprofundar este mapa com aquilo que pode efetivamente influenciar seu negócio. 


O CONCEITO


Tendências podem ser definidas como comportamentos emergentes observáveis em parcela da população ou segmento. Esses comportamentos possivelmente podem durar por um período grande. Uma década ou mais, e são originados por transformações profundas de ambiente. É papel de inovação identificar uma tendência, se possível, antes das evidências concretas de sua existência de forma massiva.

Não devemos confundir Tendências com produtos ou serviços. Estes podem ser um indicativo da existência de uma tendência, mas não são a tendência em si. Exemplo: o "UBER" e o "AirBnb" não é uma tendência propriamente, e sim o reflexo de uma tendência comportamental que dá valor ao serviço ao invés da posse. Tendências são traduzíveis pelo universo do consumo, e é assim que os negócios podem evoluir puxados pela agenda de inovação.

A moda representa um determinado padrão estético. Modas vigoram por um período específico de tempo e, nem precisam estar conectadas a uma tendência. Exemplo: roupas que remetem ao visual das décadas de 1960 ou 70, que nada tem a ver com a tendência das tecnologias vestíveis.

Modismo, finalmente, é o sucesso comercial de algum produto ou serviço, em qualquer área, por um período de tempo muito curto. As razões da curta vida útil do modismo é que ele depende de um fato gerador e é facilmente copiável. É o território perfeito para o consumo de sazonalidade. Não existe exemplo melhor do que as Iogurterias ou as Paletas Mexicanas.

Em inovação, tendências, modas e modismos cumprem, cada um deles, uma função. Tendências podem criar novos mercados ou tornar mercados atuais obsoletos. Modas podem garantir o sucesso e a sobrevivência de uma empresa no curto/médio prazo. Modismos podem oferecer lucros rápidos. 

Motivo suficiente para que sejam monitorados com atenção e, principalmente, jamais confundidos uns com os outros.


MONITORANDO TENDÊNCIAS


Há muitas formas de se olhar para as tendências. Citarei aqui duas delas, o "Mapa de Tendências" e o "Radar de Tendências":

O Mapa de Tendências já foi utilizado por mim em um processo de planejamento estratégico de longo prazo. Nele, selecionamos previamente temáticas generalistas que podem impactar o negócio como: Política & Economia, Meio Ambiente, Tecnologia, Gerações e, também, temáticas bastante específicas como: Concorrência, Particularidades Locais, Modelo de Negócio...

Para cada uma dessas tendências, de forma coletiva, e, aqui, o comitê de inovação pode ter um papel fundamental, pode-se construir um grupo de frases que as definirão. Nunca recomendo mais de 5 frases para cada tendência. As mais fortes devem prevalecer no mapa.

O Radar de Tendências procura colocar dentro de círculos divididos por ondas que representam o nível de adoção/penetração, cases concretos ligados ao segmento vertical em que a empresa atua e, ainda, outras tendências "horizontais" que tocam quaisquer negócios e que desejam ser monitoradas pela empresa. Os membros do Comitê de Inovação, neste caso, devem reportar, a cada vez que tocarem algo com este potencial, as iniciativas para serem listadas no radar.  

EXEMPLO DE MAPA DE TENDÊNCIAS:

Exemplos de frases de tendências:

Tendências ligadas ao Meio-Ambiente: 

  • A legislação ambiental, será cada vez mais rigorosa, pela mobilização da sociedade e a iniciativa privada terá um papel fundamental no desenvolvimento de ações sustentáveis.


Tendências ligadas à Demografia Social & Cultural:

  • As oportunidades de trabalho fora dos grandes centros, em regiões de baixa densidade demográfica, criadas por investimentos públicos e privados e pela pressão do custo por m², gerarão novos centros econômicos e sociais, explorando as vocações regionais.


Uma vez consolidadas as frases, deve-se pensar em como, cada negócio pode se apropriar de cada uma das tendências...


EXEMPLO DE RADAR DE TENDÊNCIAS:



Tomo a liberdade de emprestar este Radar de uma apresentação feita pelo Futurista e, professor da Singularity, Tiago Mattos.

Este radar foi criado para o segmento de moda e, cada ponto no radar, representa um exemplo real, de algo que pode ser disruptivo para o segmento. As cores identificam ainda as tendências horizontais, como pode-se ler na legenda.


LET'S GO!

Futuristas não são futurólogos, eles não tentam e nem adivinham o futuro, mas, a ciência por trás de suas disciplinas e a previsão a partir de um formato estruturado de observação de sinais que podem mudar o consumo, os mercados e os jogadores dentro deles.

Portanto, forme a sua convicção. Seja o mapa de tendências, seja o radar de tendências ou ainda outras formas menos estruturadas, mapear tendências, é algo fundamental para a sobrevivência das organizações e, para as áreas de inovação que queiram criar uma agenda positiva para suas empresas.

Se você quiser começar com um futurista, aqui uma lista de grandes mestres neste segmento:

Luis Rasquilha - https://www.linkedin.com/in/lrasquilha/

Martha Gabriel - https://www.linkedin.com/in/marthagabriel/

Tiago Mattos - https://www.linkedin.com/in/tiago-mattos/